quarta-feira, 13 de abril de 2016

Entrevista de Morten a jornal suíço causa polêmica

Foto: Jeff Mangione/Kurier

O site do jornal suíço Blick publicou no último domingo (10) uma entrevista com Morten que tem causado polêmica. O vocalista falou, entre outras coisas, sobre fama, assédio dos fãs, clima dentro do a-ha e o fim da banda. “O a-ha agora é um capítulo encerrado para mim. Eu tive alguns anos maravilhosos com esta banda. Mas após a turnê atual, este provavelmente será o fim definitivo. Nós três simplesmente não estamos mais próximos o suficiente para continuarmos gravando discos, viajando ao redor do mundo e fazendo shows”, afirmou.

A entrevista foi realizada em Zurique no dia 4 de abril, antes do show na capital suíça, com o objetivo de divulgar a autobiografia de Morten, My Take on Me, lançada na Alemanha na segunda-feira (11). “Trabalhar no a-ha precisa ser gratificante para mim em um nível espiritual também. E esse não tem sido o caso. Talvez as coisas tenham se deteriorado ao longo dos últimos 30 anos”, declarou.

Ao ser questionado se não tinha medo de perder a fama, o vocalista disse: “De modo nenhum! Sucesso e poder nunca me interessaram. Eu não gosto de me ver na TV. Não gosto daquele cara com o microfone. Além disso, o que tem de tão especial quando você tem que passar horas se escondendo no seu quarto de hotel porque centenas de fãs, aos gritos, estão me esperando lá fora? Eu prefiro encontrar as pessoas individualmente do que na multidão. Mas eu não tenho capacidade emocional e nem mesmo tempo para atender a todos individualmente. No fim das contas, eu sou apenas uma pessoa”.

Em relação ao que vai fazer após o fim da turnê, Morten disse: “Vou voltar para a vida simples com a minha namorada e a minha filha de 7 anos. É onde, de fato, meu coração está. Depois do nosso último show na Noruega em 7 de maio, eu vou andar descalço e apagar as luzes”.

Foto: Günter Distler/nordbayern.de

A entrevista causou uma grande repercussão entre os fãs e foi reproduzida por vários jornais e sites noruegueses, como o ABC Nyhete, Dagbladet, Gaffa e VG, além da emissora NRK. O empresário do a-ha, Harald Wiik, disse ao VG que não podia comentar o conteúdo publicado pelo jornal suíço, pois não estava presente à entrevista. “Tem que se levar em conta se foi reproduzida com precisão, pois foi traduzida do inglês para o alemão e depois para o inglês novamente. Mas eu posso confirmar que há um clima bom na turnê”.

Harald Wiik confirmou ainda que não há nada planejado para depois do dia 7 de maio. “Foi constantemente divulgado que a banda faria um álbum e uma turnê”, disse, complementando que cerca de 400 mil pessoas devam ter prestigiado os shows do grupo.

Para minimizar o impacto provocado pelas declarações de Morten, o site oficial do a-ha publicou na terça-feira (12) uma texto lamentando que a entrevista tenha causado confusão.

“Na entrevista Morten é citado como dizendo várias coisas que levam os leitores a acreditar que o a-ha está acabando após o último show da turnê Cast in Steel, no dia 7 de maio, em Bergen, e que Morten não considera que trabalhar com o a-ha seja mais espiritualmente gratificante para ele. Outra citação parecia implicar que Morten não aprecia apoio e atenção dos fãs. Nada disso está correto, mas por favor, aceitem nossas desculpas por este mal-entendido, em grande parte devido a algumas das observações de Morten não serem apresentadas com o contexto completo”. Os jornais noruegueses Dagbladet e VG também repercutiram o pedido de desculpas.

Foto: Günter Distler/nordbayern.de

O texto do site oficial diz ainda: “Em uma conversa ontem com Morten, ele disse (na entrevista ao jornal suíço) que tinha sido questionado sobre a possibilidade de o a-ha fazer outro álbum. Sua resposta referiu-se ao tempo que leva para trabalhar em um álbum juntos, e que o coração de todos precisa estar envolvido no processo. Isso não é novidade para quem tem acompanhado a banda ao longo do tempo, pois os três membros já disseram que escrever álbuns juntos é um processo muito desafiador para eles. Cast in Steel foi anunciado como um projeto de 'um álbum, uma turnê', e seus comentários simplesmente confirmam isso. Isso não significa que não possa surgir outros projetos, mas não há nada planejado no momento”.

Quanto à citação de que trabalhar no a-ha precisa ser gratificante em um nível espiritual, Morten declarou ao site oficial: “Neste momento eu trabalho no centro do palco em um show do a-ha que tem atraído multidões em todo o mundo. Mais uma vez - 30 anos após a nossa primeira turnê - estamos sentindo a nossa música ecoar sobre um grande número de pessoas. Não acredito que é possível fazer isso sem um envolvimento espiritual. Pelo menos isso não é possível para mim".

O site oficial complementou: “O a-ha sem dúvida tem apreço pelos fãs, no entanto esta entrevista só apresentou uma citação do Morten sobre como toda essa atenção às vezes pode ser cansativa, sem mencionar o quanto ele aprecia todo o apoio dos fãs. Ele lamenta muito se alguns fãs ficaram tristes ou desapontados. Essa não foi a intenção dele”.

Foto: Günter Distler/nordbayern.de

Quem acompanha o a-ha já há algum tempo sabe que muito do que Morten falou é compactuado por Mags e Paul. Nenhum dos três esconde que há sim tensões dentro da banda, principalmente na fase de elaboração de um álbum, comum em qualquer trabalho em conjunto.

Em fevereiro, ao responder a perguntas no site oficial, Mags falou do clima fora dos palcos. “Eu acho que jamais vou encontrar uma melhor combinação de talentos diferentes e que se complementam como o que tínhamos com o a-ha nos anos 80. É realmente uma pena que a gente não seja capaz de reacender aquela dinâmica. Exceto no palco, onde há alguns momentos incríveis em que a gente deixa tudo para trás e apenas nos comunicamos novamente pela música”.

Em novembro do ano passado, Paul disse, durante um Perguntas e Respostas com fãs, que trabalhar no a-ha sempre foi difícil. “Quando você acha que alcançamos nosso limite de loucura, sempre há outro nível a alcançar”, afirmou.

2 comentários:

flavia venturinni disse...

Acredito inteiramente no que o site oficial publicou. Morten é essa pessoa gentil , humana e sincera ! Acredito que ele tem muito respeito pelos fãs e é claro que o tempo passa e as pessoas mudam , têm outro olhar sobre tudo, mas acredito que eles sem completam no palco porque são incríveis mesmo e que fora dele cada um tem um objetivo pessoal. Só o fato de terem se reunido pra lançarem um CD ,e fazerem uma turnê já mostra o quão amigos são e o quanto valorizam a Banda A-ha ! Amo todos!

SILVANIA disse...

BOM, SE MAIS UMA VEZ ENCERRAREM A BANDA, NAO VAI SER NOVIDADE! MAS VAI SER TRISTE NOVAMENTE, ELE GOSTA DE FAZER OS CORAÇÕES A-HANIANOS SOFREREM.... MAS ESPERO QUE TENHA SIDO MAL ENTENDIDO E ELES FAÇAM NOSSO ALEGRIA POR MAIS UM TEMPO.E VOLTEM A RECIFE ....